Usiminas

O Instituto Cultural Usiminas (Instituto Usicultura) foi criado em 1993 para sistematizar os investimentos em cultura da Usiminas. A partir de 1994, incorporou a gestão do Teatro Zélia Olguin e, em 1998, do Centro Cultural Usiminas, ambos em Ipatinga (MG). A partir de 2007, com a regulamentação da Lei Federal de Incentivo ao Esporte, do Ministério dos Esportes, projetos esportivos passaram a ser beneficiadas com os investimentos da Usiminas e o Instituto assumiu a responsabilidade de aplicação e gestão desses recursos, assim como na área social, com a gestão dos recursos destinados ao FIA (Fundo da Infância e Adolescência), Fundo Nacional do Idoso, PRONAS/PCD (Programa Nacional de Apoio à Atenção da Saúde da Pessoa com Deficiência) e PRONON (Programa Nacional de Apoio à Atenção Oncológica).

Desde a criação do Instituto, foram investidos quase de R$ 330 milhões em mais de 2.300 projetos de cultura, esporte e social, em 44 cidades de Minas Gerais, São Paulo, Rio Grande do Sul, Pernambuco e Espírito Santo. Muito além de números expressivos, o Instituto orgulha-se de levar às diversas localidades onde a Usiminas atua o cuidado com as comunidades e colaboradores da empresa: são ações educativas que incentivam o envolvimento de alunos e professores com a arte, a cultura e o esporte; espetáculos de qualidade e acessíveis; projetos culturais que viabilizam a circulação de ações por diversas cidades do país; projetos esportivos que oferecem, além de formação em diversas modalidades, a oportunidade do desenvolvimento social; ações de educação ambiental e de relacionamento com as comunidades; movimentação do turismo e economia com a realização de atividades diversas. 

O Instituto também é responsável por gerir dois representativos espaços culturais em Ipatinga (MG): o Centro Cultural Usiminas e Teatro Zélia Olguin. A programação diversificada oferecida nesses espaços já alcançou a marca de mais de cinco mil atrações culturais e público de quatro milhões de pessoas.

Inaugurado em outubro de 1994, o Teatro Zélia Olguin foi o primeiro equipamento cultural profissional de Ipatinga e homenageia a bailarina pioneira na promoção de cultura na cidade. Em 24 de setembro de 1998 foi inaugurado o Centro Cultural Usiminas, e quatro anos depois, o Teatro do Centro Cultural Usiminas.

Ação Educativa

Em 2003, o Instituto criou a sua área de Ação Educativa para desenvolver programas de formação para artistas, professores, comunidade e estudantes das instituições de ensino de todo Leste Mineiro. Por meio de espetáculos, atividades de incentivo à leitura e de educação ambiental, oficinas para educadores, encontros para famílias e acesso gratuito a obras de arte, milhares de pessoas recebem da Ação Educativa rica bagagem de conteúdos diversos. Mais do que promover atividades, a Ação Educativa é responsável pela Biblioteca Central de Ideias, inaugurada em 2005, no Centro Cultural Usiminas. O espaço disponibiliza ao público acesso gratuito a um acervo de mais de 9 mil títulos e internet.  Em 15 anos, mais de 440 mil pessoas já foram beneficiadas com atividades gratuitas para escolas e famílias de 60 cidades diferentes do Estado de Minas Gerais.

Novos programas

Em constante evolução de seus trabalhos, o Instituto lançou em 2017 novos programas voltados para a educação ambiental que possibilitaram a aproximação das empresas do Grupo Usiminas com a comunidade. Ipatinga ganhou o projeto Aventura no Viveiro, que promove um rico momento de descontração e aprendizado no Viveiro de Mudas da Usiminas, em Ipatinga.  Paralelo a essas ações nasceu também o projeto Conhecendo a Usiminas e Conhecendo a Usiminas Mecânica, em Ipatinga (MG), e o Conhecendo a Mineração Usiminas, em Itatiaiuçu (MG). A proposta é apresentar o processo de produção das indústrias de maneira lúdica, utilizando a contação de história como ferramenta, seguida de uma atividade prática de pintura. A busca por novas ações para as comunidades onde a Usiminas atua sempre foi uma marca constante no trabalho do Instituto, que se propõe com essa mudança de posicionamento permanecer em constante evolução no propósito transformar vidas em várias frentes de atuação.

Visão integrada

O Instituto se faz presente em importantes entidades que promovem discussões para o desenvolvimento do turismo e da cultura numa visão integrada e de diversificação da economia. Em Ipatinga, o Instituto representa a Usiminas no Conselho Municipal de Turismo e integra o Projeto Turismo no Vale, que propõem ações, eventos e debates para o desenvolvimento e a valorização do turismo no Vale do Aço.  Na Baixada Santista, o Instituto participa ativamente do CCC – Conselho Consultivo Comunitário do Polo Industrial de Cubatão, que tem o objetivo de manter um canal de comunicação interativo entre as empresas e a comunidade de Cubatão nos temas ligados à Saúde, Segurança, Meio Ambiente e Responsabilidade Social. Já em Belo Horizonte, o Instituto integra o Com.Cultura, grupo formado pelas principais empresas patrocinadoras do Estado de Minas Gerais com o objetivo de promover o intercâmbio de informações práticas voltadas ao desenvolvimento cultural diante do setores públicos e do mercado cultural.

Nova marca

Com a ampliação de áreas de atuação ao longo de sua trajetória, ao completar 25 anos, no ano de 2018, o Instituto passa a se chamar Instituto Usiminas. A alteração do nome visa dar a real dimensão do trabalho realizado hoje pela Usiminas na vertente da responsabilidade social, por meio do seu Instituto, gerando um salto de percepção do seu papel nas comunidades onde está presente.

A alteração visa o fortalecimento de toda a atuação do Instituto que, além da cultura, promove e gere iniciativas ligadas ao esporte e a áreas sociais, promovendo atividades de arte-educação, esporte, educação ambiental e voluntariado, desenvolvendo um papel fundamental de relacionamento e atuação junto às comunidades.

Em vinte e cinco anos, criamos raízes, espalhamos sementes, desbravamos territórios e continuamos evoluindo. Agora somos Instituto Usiminas!

O Instituto Usiminas é responsável por assegurar que os investimentos das empresas Usiminas contribuam para o desenvolvimento de toda a cadeia produtiva da cultura e esporte. Para isso, a empresa investe em projetos enquadrados na Lei Federal de Incentivo à Cultura, Leis Estaduais de Incentivo à Cultura de Minas Gerais e de São Paulo (PROAC) e em projetos esportivos enquadrados nas Leis Federal e Estadual (MG/SP) de Incentivo ao Esporte. A aprovação destes projetos se dá a partir da política de patrocínio cultural da Usiminas, criada e executada pelo Instituto Cultural Usiminas, que privilegia o investimento em formação, inclusão e desenvolvimento social.

Além do patrocínio de projetos culturais e esportivos, o Instituto Usiminas é responsável por gerir seus espaços culturais em Ipatinga/MG, Centro Cultural Usiminas e Teatro Zélia Olguin, desenvolver programas e elaborar projetos próprios.

Conheça os mecanismos de incentivo ao esporte e à cultura utilizados pelo Instituto Cultural Usiminas para patrocínios:

:: Lei Estadual de Incentivo à Cultura de Minas Gerais
:: Programa de Ação Cultural – ProAC – São Paulo
:: Lei Federal de Incentivo à Cultura – Lei Rouanet
:: Programa Minas Esportiva Incentivo ao Esporte – Minas Gerais
:: Lei Paulista de Incentivo ao Esporte
:: Lei de Incentivo ao Esporte - Federal

PATROCÍNIOS

O Instituto Usiminas é responsável pela gestão dos investimentos da Usiminas em cultura, esporte e social, por meio das Leis de Incentivo Estadual e Federal. Conheça as diretrizes da política de patrocínio da Usiminas, que conduz a avaliação dos projetos e os projetos patrocinados.

POLÍTICA DE PATROCÍNIOS USIMINAS

PROJETOS PATROCINADOS

PROJETOS PATROCINADOS EM 2018

Em 2017 as empresas Usiminas patrocinaram 46 projetos por meio das leis de incentivo à cultura, esporte e social, são eles:

PROJETOS PATROCINADOS EM 2017
PROJETOS PATROCINADOS EM 2016

As expressões da cultura de um país alimentam cada um dos processos educativos que acontecem em seu território, formando cidadãos participativos, críticos e conscientes de seu papel na transformação do mundo. Para o sociólogo Pierre Bordieu, as áreas de educação e cultura deveriam caminhar juntas, a partir da noção de que ambas estão presentes em cada lar, em cada comunidade, em cada escola, em cada instituição cultural, nas festas e visões de mundo que se encontram nos espaços públicos e, por contaminação, se transformam.

Essa ideia anima o Instituto Usiminas desde o início de sua atuação no Vale do Aço, por meio de sua área de Ação Educativa. Unindo educação e cultura às artes e ao meio ambiente, o Instituto promove o encontro de estudantes e suas famílias com as linguagens artísticas das artes visuais, teatro, dança, música, cinema e literatura, além de propor vivências ambientais de alto impacto, aliando teoria e prática de forma lúdica e experimental.

Com o patrocínio da Usiminas, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura, escolas e comunidade terão acesso às atividades programadas pelo Instituto Usiminas para o primeiro semestre de 2019, reunidas nesta publicação.

Voltadas a públicos de faixas etárias e interesses variados, o conjunto de ações tem por objetivo principal a vontade de promover o acesso às artes, à cultura e ao meio ambiente como forma de ampliar os conhecimentos construídos na educação formal a partir de experiências artísticas e ambientais promovidas pelo Instituto.

Acreditamos que a cultura e a educação são fundamentais para fortalecer o país e para aprendermos a inventar formas de viver junto. Seja parte!

Série Espetáculos Didáticos: apresentações de espetáculos de qualidade para escolas e famílias.

Visitas Teatralizadas: visita lúdica aos bastidores do Teatro, guiada por dois personagens, para escolas e famílias.

Contação de Histórias na Biblioteca Central de Ideias: momento lúdico e de aprendizado para escolas e famílias sobre o universo da literatura.

Programa de Formação de Professores e Arte Educadores: cursos e oficinas voltados à prática de professores e arte-educadores.

Arte em Família: vivências artísticas e ateliês práticos direcionados às famílias. Um momento de diversão e aprendizado para adultos e crianças.

12º Salão do Livro Vale do Aço: intensa programação para escolas e famílias voltada para o incentivo à leitura.

Projeto Xerimbabo Usiminas 2019

Projeto de educação ambiental para escolas e famílias com atividades cujas temáticas se complementam para mostrar como o verde e a sustentabilidade fazem parte do DNA da Usiminas. Aventura no Viveiro e Conhecendo a Usiminas compõem a programação do Xerimbabo no primeiro semestre:

Aventura no Viveiro: passeio e contação de histórias no Viveiro de Mudas da Usiminas abordando a importância da preservação do meio ambiente.

Conhecendo a Usiminas: visita à Usina de Ipatinga com o objetivo de apresentar de maneira criativa o processo de produção do aço.

 

Galeria Hideo Kobayashi: localizada no Centro Cultural Usiminas, a galeria abriga exposições diversas abertas para comunidade. O espaço oferece visitas guiadas às exposições em cartaz que buscam relacionar os temas das exposições com a experiência de vida dos participantes.

Biblioteca Central de Ideias: com acervo de mais de 9 mil títulos, o espaço oferece gratuitamente empréstimo de livros e acesso à internet para toda a comunidade.

 

 

 

 :: Centro Cultural Usiminas – Ipatinga

Av. Pedro Linhares Gomes, 3900
Shopping do Vale do Aço
Ipatinga – Minas Gerais
CEP: 35160-290
Tel: (31) 3822-2215

 :: Teatro Zélia Olguin –  Ipatinga

Av. Itália, 1890 – Cariru
Ipatinga – Minas Gerais
CEP: 35.160-114
Tel.: (31) 3825-1670

 :: Instituto Usiminas – Belo Horizonte

R. Professor José Vieira de Mendonça, 3011 5º andar – Bairro Engenho Nogueira
Belo Horizonte – Minas Gerais
CEP: 31310-260
Tel: (31) 3499-8921
Fax: (31) 3499-8923

 :: Instituto Usiminas – São Paulo e Baixada Santista

Usina José Bonifácio de Andrada e Silva
Estrada de Piaçaguera, km 6 – s/n
Vila das Indústrias
Cubatão – São Paulo
CEP: 11573-900
Tel: (13) 3362-2976