Usiminas



Programe-se




	    	object(WP_Term)#6691 (11) {
  ["term_id"]=>
  int(233)
  ["name"]=>
  string(8) "Ipatinga"
  ["slug"]=>
  string(8) "ipatinga"
  ["term_group"]=>
  int(0)
  ["term_taxonomy_id"]=>
  int(233)
  ["taxonomy"]=>
  string(16) "tipo_programacao"
  ["description"]=>
  string(0) ""
  ["parent"]=>
  int(0)
  ["count"]=>
  int(1058)
  ["filter"]=>
  string(3) "raw"
  ["term_thumbnail"]=>
  NULL
}
	    
Dança contemporânea
Mai 09

“Revoada” e “Senhora Margareth” – Série Espetáculo de Dança

Cisne Negro Cia de Dança (SP)
  • 20h
  • Teatro do Centro Cultural Usiminas
  • livre
  • 1h15
  • Venda de ingressos na bilheteria do Centro Cultural Usiminas e site www.eventim.com.br: R$ 50 (inteira) R$ 25 (meia entrada para estudantes, professores, menores de 18 anos, maiores de 60, colaboradores Usiminas, Usiminas Mecânica, Unigal, Mineração Usiminas, Soluções Usiminas e Fundação São Francisco Xavier)
  • Eventim www.eventim.com.br

Considerada uma das melhores companhias contemporâneas do país, Cisne Negro Cia de Dança apresenta em Ipatinga as coreografias “Revoada” e “Sra. Margareth”, pela Série Espetáculo de Dança do Instituto Usiminas, que tem o patrocínio da Usiminas, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura. Em “Revoada”, as obras Stravinsky “Firebird” (pássaro de fogo) e “Fireworks” (fogos de artifício) ganham uma releitura para traduzir, em dança, um processo químico que faz com que a obra em negro se transforme em energia, no fogo, no vermelho. O balé “Sra. Margareth” é uma adaptação do coreógrafo israelense Barak Marshall que conta a história de um grupo de funcionários, preso no porão da casa de uma patroa abusiva, com uma coreografia com movimentos afiados, rápidos, com argumentos étnicos contemporâneos, visuais e teatrais, combinados a elementos da música cigana, do sudeste europeu, música clássica e rock. Com 42 anos de fundação, a renomada Cisne Negro Cia de Dança já se apresentou em 17 países para um público de mais de 2,5 milhões de pessoas. Destaque para participação na turnê internacional do tenor italiano Andréa Bocelli, em 2016 e 2018.